Home / Ambientes / Inspiração Greenery

Inspiração Greenery

Um verde fresco, que evoca os primeiros dias de primavera, quando as folhas se renovam. O tom expressa a afirmação da vida, a vitalidade e a energia que precisaremos para recomeçar – em sintonia com a esperança que o mundo deseja atualmente. Foi assim que a Pantone, empresa fornecedora oficial dos padrões de cores para a indústria da moda e do design, indicou o Greenery como cor do ano para 2017. (nenhuma novidade até aqui, né?)

O tom de verde com fundo amarelado traz a mensagem de reencontro com o natural, de reconexão com o mundo e com a natureza. Por ser a cor que simboliza o equilíbrio entre o claro e o escuro, o calor e o frio, é uma cor coringa na decoração em suas diferentes tonalidades, e ainda pode trazer muita personalidade, além de refletir bem-estar e tranquilidade.

Apesar de parecer exótico, o Greenery não é difícil de ser combinado com outros tons, ficando harmônico com tons mais claros e neutros, como branco, offwhite e tons no espectro de cinza, ou mesmo com o Rosa Quartz e Azul Serenity, cores Pantone de 2016. Para quem quiser apostar em cores mais fortes, tons como azul marinho e vinho podem ser uma boa.

Boa parte das pessoas costuma incorporar tendências com mudanças sutis, afinal renovar a casa a cada ano não é para qualquer um, não é mesmo?! Se você joga nesse time, pode investir em almofadas, quadros ou em acessórios, como vasos ou jogos americanos para a hora das refeições. Em uma decoração de base monocromática ou neutra fica mais fácil incorporar elementos assim e com chances mínimas de erro.

Se lidamos com um lavabo ou um hall de entrada, por exemplo, abusar da cor é aceitável, já que passa-se pouco tempo nesses ambientes. Mas em uma sala, seja ela de estar ou jantar,  que costumam ser ambientes nos quais fica-se muito tempo, é necessário ter cautela e “pegar leve”, para que o espaço não fique “carregado” e você enjoe rápido. Quartos, que podem ser os ambientes ideais para o uso do Greenery, por seu apelo relaxante, também exigem parcimônia.

Outra forma fácil de levar a cor à sua casa é através de plantas. Meio batido, né? Mas as plantas sem flores, só com folhagens, são uma ótima pedida. Adesivos também são práticos, pois podem ter um custo baixo e são facilmente removíveis, deixando as futuras mudanças mais viáveis.

Para você que ainda não incorporou a cor do momento à sua decoração, ficam as dicas para manter a harmonia e se atualizar. Mas, mais importante do que seguir tendências e estar na moda é deixar a casa com sua “cara”, refletindo seus gostos e deixando os espaços confortáveis de acordo com sua necessidade. Afinal, você não vive numa mostra de decoração!

Sobre Priscila Godoy

Deixe uma resposta